AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 31 de maio de 2010

DIA DA CRIANÇA

Com um pacote de berlindes
E uma fisga sempre na mão
Criança é este ser de simplicidade
Que a brincar alegra o seu coração

Desejam que o Sol regresse de manhã
Porque os jogos não se começam sozinhos
Crianças são as gotas de orvalho
Que refrescam os dias aos pouquinhos

Criança, sorriso, meiguice
Mundo de encantar tão desejado
Criança, pequena promessa
De um sonho que dorme encantado

segunda-feira, 10 de maio de 2010



Mãe, amiga, auxiliadora
És porto de abrigo, Nossa Senhora
Que o Teu manto sempre consiga cobrir
Quem pela tristeza resolveu desistir
Por Ti movemos multidões
A Ti oferecemos os nossos corações
Sabes que a Ti sempre iremos recorrer
Quando na escuridão não conseguirmos ver
Obrigada por teres sempre o Teu olhar
Na direcção dos nossos olhos que teimam em chorar
Te agradecemos pelas noites de vigia
Onde foste o amparo para quem sofria
Nossa Senhora rogai por nós
Te aclamamos numa só voz
Obrigada por sempre nos estenderes a mão
E nos levares contigo na melhor direcção