AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

terça-feira, 30 de outubro de 2012

NADA ACABA, NADA TERMINA


Nada acaba, nada termina
Apenas porque deixa de bater o coração
Tudo recomeça, tudo continua
Se a Fé sempre foi a nossa direcção

A nossa alma por fim encontra o seu porto
Junto do seu grande Criador
Que saibamos levar a melhor bagagem
Já que Ele deu-nos o fruto e a flor


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

ESTA DOR



(imagem retirada da internet)


Esta dor que me consome
Me devora e me tortura
Foste tu que a causaste
E há-de levar-me à loucura.

Meus dias são infindáveis
Como estas lágrimas que derramo
Meu coração foi posto à prova
Por aquele que mais amo.

Estou a morrer por dentro
E cada dia é pior
Já não te sinto tão perto
Estou a perder-te, Amor.

Já não sei o que fazer
Sinto-me dividida
Não sei se me deixe morrer
Ou se lute por ti, minha vida.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Obrigado!




Obrigado meu Deus
Pelo meu respirar
Por acordar todas as manhãs
Para mais um dia Te amar

Obrigado meu Deus
Por me dares de beber
Por me saciares a fome
Por Te poder conhecer

Obrigado meu Deus
Por me dares uma família e um lar
Por me guiares os dias
Por me deixares sempre regressar

Obrigado meu Deus
Por me levares a Teu lado
Obrigado meu Deus
Por Te poder dizer obrigado

Autoria: Isabel Mendes