AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

À LAREIRA

(imagem retirada da internet)

Em frente à lareira
O calor da braseira
Aquece até a alma mais gelada
Em modo de brincadeira
Conta-se uma história brejeira
Para soltar uma risada.

A lenha vai ardendo aos poucos
E sejam puros ou loucos
Todos se querem aquecer
O lume ajuda o tempo a passar
O frio acaba por abalar
E no quentinho chega o anoitecer.

A noite já vai alta
Quando a lareira sente a falta
De quem a manteve a iluminar
Só restam as cinzas espalhadas
De umas horas bem passadas
 E a certeza de voltar.
Autoria: Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

SERÁ TRISTEZA?

(imagem retirada da internet)


Às vezes só me apetece chorar
Mas tenho medo de o fazer
Acredito que não conseguirei parar
E pela tristeza me deixarei vencer

Os gritos invadem-me a alma
Um barulho ensurdecedor
Confesso que não consigo conter a calma
E me deixarei morrer pela dor

Os dias tornam-se negros
E as noites um poço sem fundo
Acabam por voltar os meus medos
Para agonizar de novo o meu mundo

Então as lágrimas pedem para sair
Porque sem ar é impossível viver
A angústia vem ajudar-me a cair
E sem forças me deixo morrer.

Autoria: Isabel Mendes

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

PROJECTO "MIMAR É PARTILHAR"



Estes poemas foram feitos para entregar a estas instituições, no âmbito de um projecto levado a cabo por um grupo de amigas artesãs no facebook, do qual fazemos parte, intitulado “MIMAR É PARTILHAR”.
Teve como objectivo a entrega de presentes de Natal aos meninos e meninas destas instituições. Todas as peças foram feitas manualmente pelas amigas artesãs deste grupo.


 - Cercifoz
É tão bom ser diferente
Olhar o mundo de várias maneiras
É tão bom estar presente
Nas mais divertidas brincadeiras.

É tão bom sermos semelhantes
E mesmo distantes
Saber dividir
Quando é o coração a oferecer
Não importa o que vai ser
Apenas que nos vai ensinar a sorrir!

Juntos o mundo é muito melhor
Juntos somos uma força maior
Em união aprendemos a saber Partilhar
Porque é tão bom poder Mimar!


- Lar " O Girassol"
Fazemos parte do mesmo jardim
Onde abundam as mais lindas flores
Ser feliz é viver assim
Rodeado das mais lindas cores.

As crianças são o nosso tesouro
Mimá-las é a nossa missão
O seu sorriso vale mais que o ouro
Partilhamos com elas o nosso coração.


- Lar de S. Martinho
O pouco que conseguimos dar
Ensinou-nos a Partilhar
Para nos sorrisos ver esperança
E desejar que cada criança
Acredite num mundo melhor
Onde um amor maior
Há-de prevalecer
E aos poucos vencer
Mimar sem barreiras
Sem quaisquer fronteiras
Cada pequena criança
Que sonhar seja uma obrigação
Para alimentar o coração
E viver sempre com esperança!


- Equipa Local de Intervenção Precoce (Centro de Saúde de Buarcos)
Fazer o bem de alma pura
É mais que uma cura
Para um dia cinzento
Ensinar a sorrir
Sem pensar no que há-de vir
É mais que alimento
Aprendemos como é bom Partilhar
E ao mesmo tempo poder Mimar
Porque o sorriso de uma criança
Traz mais que esperança
Gera uma corrente de amor
Ser solidário de boa vontade
Em prol da felicidade
Dá à vida muito mais cor.

- CAT ( Centro de Acolhimento Temporário da APPACDM)
Casa é onde nos sentimos seguros
Protegidos e amados
Família são os muros
que impedem os não desejados
Amor recebe-se em que lugar for
Porque o coração não tem morada certa
Mimar deriva da palavra Amor
porque Partilhar é o abraço quando a saudade aperta!


- Lar Costa Ramos
Dá-se com a melhor intenção
O que as mãos fizeram com muito carinho
Ao deixar uma criança sonhar
O mundo avança sempre um pouquinho
Estar lado a lado com quem faz o bem
Dia após dia, hora após hora
É como dar tudo o que se tem
E dizer que é ali que o amor mora
Aprende-se como viver é saber Partilhar
Porque a vida merece todos os segundos
E juntos ajudamos a Mimar
Porque ser criança é o melhor dos dois mundos!

  
- Casa da Criança de Santo António
Ser criança é ser livre
É ser sorrisos e brincadeiras
Crescer numa casa de afectos
É ser feliz derrubando todas as barreiras
Na roda da vida
Tudo gira e volta a girar
Mesmo que a volta seja comprida
Nunca se perde o direito de sonhar
Juntando esforços e almas bondosas
Os dias podem ser iluminados
Acreditamos que as mãos caridosas
Destroem os problemas mais pesados
Mimar é a casa da esperança
É contemplar o arco-íris colorido
Partilhar é ensinar uma criança
Que por amor se faz o que for preciso!


quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

MENINA (era uma vez...)




Era uma vez uma menina
De cabelos cor de amora
Que dia-a-dia só chora
Ninguém entende tal sina.
O dia começa a nascer
E as lágrimas da menina a correr
O que lhe causa tristeza
Ninguém sabe de certeza.
A menina vai à escola
No recreio joga à bola
E no caminho de volta
O choro já anda à solta.
À noite ao deitar
A menina torna a chorar
Sonha com um mundo encantado
Onde não sabe chorar
Porque o que a menina mais quer
É suas lágrimas cessar.

Autoria: Isabel Mendes