AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores..pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Pomba Branca

(imagem retirada da internet)


Pomba branca, pomba branca
sinal de Paz e de Amor
corre o mundo inteiro e diz
que não há pior que o rancor.

Pomba branca, pomba branca
leva meus segredos contigo
esconde-os de todo o mundo
mas não os escondas de um amigo.

Pomba branca, pomba branca
é tão alto o teu voar
espero que de mim te lembres
quando chegares a poisar.

Pomba branca, pomba branca
se cansada já tu estás
poisa no meu regaço
e segura ficarás.

2 comentários:

  1. É bonito e inspirador.
    Mas não percebo as duas últimas estrofes da primeira quadra.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Olá Sr. José
    Este foi um dos primeiros poemas que escrevi. Tinha 12 anos.
    A mensagem que quis transmitir é a de a pomba branca "correr" o mundo e "dizer" para não sentirmos rancor de ninguém.
    Obrigada pela sua visita.
    Beijinhos,
    Isamar

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...