AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 31 de dezembro de 2016

Novo Ano, Novas Etapas


Mais uma página virada
Mais uma etapa terminada
No livro da nossa existência
Há novas metas a definir
Há novos sonhos a seguir
Na luta pela sobrevivência

Saber que se pode recomeçar
Trabalhando para conquistar
Um final que seja diferente
Um novo ano para reaprender
Para se deixar conhecer
Criando um mundo benevolente.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

O Amor era Tudo


Partiste sem dó nem piedade
Um coração que só a ti pertenceu
Não soubeste a preciosidade
Que a tua alma perdeu

Deixaste lágrimas no teu lugar
E um vazio sem medida
Não sabes verdadeiramente amar
Só conheces a porta de saída

O amor que era tudo
E apenas vinha de mim
Da tristeza ficou mudo
E sem querer chegou ao fim.

Quando Te sinto, Senhor

(imagem retirada da internet)


Quando Te falo, Senhor, em confidência
Minha alma acalma o seu tormento
Quando Te peço, Senhor, com complacência
Minha dor desaparece num momento

Quando Te oro, Senhor, em aflição
Minha angústia parece dissolver-se
Quando Te chamo, Senhor, com o coração
Meus problemas acabam por resolver-se

Quando Te sinto, Senhor, no meu caminho
Os dias são passados com tranquilidade
Quando Te vejo, Senhor, sobre o meu ninho
Sei que em minha vida abunda a Tua divindade.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Para o A.V.


(imagem retirada da internet)


Homem dos números e das contas
Profissional na base da honestidade
O trabalho fá-lo com precaução
Guiado pelas leis da idoneidade

Homem de opinião formada
E de convicções inabaláveis
Homem de família adorada
E de palavras sempre amáveis.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Amigo



Amigo é ser companheiro
É sempre o primeiro
A nos defender
Amigo é ter o cuidado
É chegar ao nosso lado
Já sabendo o que dizer

Amigo é quem nos conhece
Quem sabe o que acontece
E mesmo assim decide ficar
Amigo é o nosso amparo
É o diamante mais raro
É quem nos ajuda a caminhar

Amigo é o ser especial
Que apenas sabe ser leal
É a nossa outra metade
Amigo é puro carinho
É a rosa sem espinho
É o criador da amizade.

sábado, 24 de dezembro de 2016

Todos os dias é Natal ♥



É mais que tempo de aprender
Que a Família é sempre especial
Já é mais que tempo de saber
Que todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de dar valor
Ao que é nosso, tradicional
Já é tempo de repartir o amor
Porque todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de saber ouvir
Porque falar demais torna-se banal
Já é tempo de saber dividir
Todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de ajudar o irmão
E deixar de vez o pedestal
Já é mais que tempo de repartir o pão

Porque todos os dias é Natal.



Feliz Natal, cheio de Saúde, Paz e Harmonia!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Recebemos o que damos

(imagem retirada da internet)


Recebemos aquilo que damos
Isso não há que enganar
Colhemos o que semeamos
Tão certo como o dia terminar

Não se pode receber um abraço
Em troca de uma ingratidão
Não se pode derreter o aço
Com palavras de brusquidão

Não se consegue colher uma flor
Quando se plantou uma urtiga
Da maldade não nasce amor
E da honestidade não nasce intriga.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Um Menino

(imagem retirada da internet)


Um menino brincando
No cimo da rua
Sua bola vai rolando
Não sabe que sorte a sua

Um menino sorrindo
Anda de bicicleta
Parece que vai no céu
Pilotando uma avioneta

Um menino chorando
O seu papagaio se rasgou
Deixou de estar ao comando
Naquele momento o mundo acabou

Um menino pequeno
De sonhos gigantes
Vai ganhando terreno
No mundo dos farsantes.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Não foi sorte, foi Deus

(imagem retirada da internet)


O caminho fácil de percorrer
Para chegar junto dos seus
Foi planeado com saber
Não foi sorte, foi Deus

A dor no momento da partida
E na hora do adeus
Por vezes não deixa ferida
Não foi sorte, foi Deus

Os percalços que se resolvem
E deixam de ser meus
Por magia não se dissolvem
Não foi sorte, foi Deus.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O Passarinho


(imagem retirada da internet)


Um passarinho no beirado
Cantando uma linda melodia
Será que é um triste fado
Revestido de alegria?

O passarinho chilreia alegremente
Não se importando com a plateia
Se o observa muita ou pouca gente
Para ele não importa a assembleia.

Ao final da tarde, quase noitinha
O passarinho seguiu caminho
A casa ficou mais sozinha
Mas era hora de regressar ao ninho.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Pequenos Gestos

(imagem retirada da internet)



Um abraço bem apertado
E um sorriso no olhar
Quem recebe sente-se amado
Quem dá ensina a amar

Um carinho num mau momento
E uma palavra de optimismo
Ajudam quem está em sofrimento
É mais que um acto de civismo

Um beijo dado com amor
A companhia de quem nos ama
Saber por tudo dar valor
Porque não é eterna a fama.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Sonhar (os sonhos)


(Imagem: http://www.huffingtonpost.com/dreamscloud/sleep-and-dreaming_b_4569753.html)


Sonhar acordado
Por um bocado
Ajuda a desanuviar
Os sonhos libertam
Por vezes despertam
Quem se deixa abalar

Sonhar com o futuro
Que se pula o muro
E acabar por cair
Sonhar com o medo
Que se tem um segredo
Prejudica quem quer evoluir

Sonhar com alegria
Que seja em demasia
E nos faça crescer
Os sonhos são sinais
Às vezes especiais
São um modo de viver.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Aquecer à Lareira




O calor que emana da lareira
Aquece e conforta os necessitados
Adoro esta simples maneira
De conversar e enviar recados

O crepitar da lenha a arder
É a nossa música de fundo
Assim se aprende a conviver
Dando e recebendo do mundo.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Será que sou mesmo má

(imagem: http://www.lumierecoaching.co.uk/overcome-sadness/)


Por vezes apetece-me ser má
De uma maldade mediana
Acabo por exagerar na dose
E agir como uma insana

Falo mal e secamente
Sem pensar direito
Tal qual uma demente
Tiro tudo do peito

Ao final do dia tento me redimir
Pedindo perdão por tanta maldade
Acredito que consigo progredir
Aceitando que sofro de debilidade.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Sabe tão bem (é tão bom)


Sabe tão bem um carinho
E uma palavra de conforto
É tão bem ter o nosso cantinho
E regressar sempre a bom porto

Sabe tão bem ter um amigo
Daqueles que não precisamos falar
É tão bom quando o perigo
Dificilmente nos consegue encontrar

Sabe tão bem respirar fundo
E ter a noção da nossa riqueza
A saúde não deve ficar em segundo
E junto com o amor serem a nossa fortaleza.

sábado, 5 de novembro de 2016

Piri-pi-pi



Piri-pi-pi o João vai à escola
Piri-pi-pi adora a sua sacola
Piri-pi-pi tem vontade de aprender
Mas com o piri-pi-pi esqueceu-se de a trazer

Piri-pi-pi o João é o rei do recreio
Piri-pi-pi ora salta, pula e estica o freio
Piri-pi-pi o João ouve o professor

Com o seu piri-pi-pi ainda há-de ser doutor.

domingo, 30 de outubro de 2016

Gente Má


(imagem retirada da internet)


Há tanta gente mal-encarada
Sempre mal-humorada
Sem um gesto de boa vontade
Gente que não sabe sorrir
Que não aceita exprimir
Uma réstia de felicidade

Há tantas más respostas
Tanto falar pelas costas
Tanta maldade concentrada
A inveja veio sem avisar
Sozinha decidiu ficar
E a raiva invadiu a estrada

A velha e boa compaixão
Entrou em vias de extinção
E deixou-nos à nossa sorte
O amor ao próximo foi atrás
Levando junto o resto da paz

Deixando-nos à mercê da morte.

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Nossa Senhora das Dores

(imagem retirada da internet)


Nossa Senhora das Dores
Acalma a nossa agonia
Leva-nos aonde fores
Devolve-nos a nossa alegria

Nossa senhora das Dores
Livra-nos do sofrimento
Mereces as mais belas flores
Por atenderes o nosso lamento

Nossa Senhora das Dores
Combate os nossos males
Perdoai-nos tantos favores
Mas sabemos o quanto Tu vales

Nossa Senhora das Dores
Obrigado pelo Teu cuidar
És o melhor dos doutores
O Teu remédio nos irá curar.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Não sabemos nada



(imagem retirada da internet)



Sabemos tão pouco
Da vida de um louco
Até sermos nós a endoidecer
Não percebemos o sentido
Das acções de um doido varrido
Até sermos nós a deixar-nos perder

Não sabemos nada
Dos que perdem o fio à meada
E se deixam vaguear sem rumo
Não temos a simples noção
Do quão difícil é perder a razão
E sumir como o vento leva o fumo.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Queixo-me

(imagem retirada da internet)



Queixo-me porque está frio
Ora porque está calor
Queixo-me de um coração vazio
E se o sinto cheio de amor

Queixo-me do sol radiante
E da chuva que não para de cair
Queixo-me do céu brilhante
E do nevoeiro que não quer sair

Queixo-me se acordo cedo
E se me deixo dormir
Queixo-me se tenho medo
E se a coragem não me deixa fugir

Queixo-me porque me sinto feliz
E porque me acho abençoada
Queixo-me porque não sei o que fiz
Para me queixar por tudo e por nada.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Amor Canino ♥



É na ponta do focinho
E no brilho do olhar
Que nos enchem de carinho
E nos ensinam a amar

É no correr desenfreadamente
E nos pulos de excitação
Que nos dizem que quem não mente
Fala sempre com o coração

É nos latidos de felicidade
Quando nos ouvem chegar
Que nos ensinam que a lealdade
É um bem maior a preservar

É assim o amor canino
Puro, fiel e despretensioso
Por fora parece pequenino
Por dentro muito precioso.

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Se eu te disser


Se te mostrar as minhas falhas
E souberes que não tenho medalhas
Será que ainda ficas comigo?
Se te contar as minhas indecisões
E que não sou dura nas decisões
Será que perco um amigo?

Se te disser que tenho medo
Que não te posso contar um segredo
Será que ainda ficas comigo?
Se souberes que não sou assertiva
Que me deixo ser passiva
Será que perco um amigo?

Se te mostrar que sei chorar
E por vezes me deixo derrubar
Será que ainda ficas comigo?
Se te disser que gosto da solidão
E do silêncio da escuridão
Continuarás a ser meu amigo?

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

O Senhor é meu Pastor

(imagem retirada da internet)


O Senhor é meu Pastor
Sei que nada me faltará
Confio no Seu amor
Sua mão me guiará

O Senhor é meu Pastor
Nada me faltará
Na alegria ou na dor
Sei que de mim cuidará

O Senhor é meu Pastor
Sei que nada me faltará
Sinta frio ou sinta calor
Meu Senhor comigo estará

O Senhor é meu Pastor
Nada me faltará
Ele é meu Benfeitor
A minha vida protegerá.

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Bom senso



Olho por olho, dente por dente
Não me parece muito delicado
Iria andar meio mundo cego
E outro meio desdentado

Oferecer o silêncio como resposta
A uma ofensa ou indelicadeza
Pode não parecer uma boa proposta
Mas é um grande acto de nobreza

Aprender a não guardar rancor
Porque saber perdoar é uma virtude
Eleva o nosso bom humor
E devolve-nos um pouco mais de saúde.