AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

sábado, 31 de dezembro de 2016

Novo Ano, Novas Etapas


Mais uma página virada
Mais uma etapa terminada
No livro da nossa existência
Há novas metas a definir
Há novos sonhos a seguir
Na luta pela sobrevivência

Saber que se pode recomeçar
Trabalhando para conquistar
Um final que seja diferente
Um novo ano para reaprender
Para se deixar conhecer
Criando um mundo benevolente.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

O Amor era Tudo


Partiste sem dó nem piedade
Um coração que só a ti pertenceu
Não soubeste a preciosidade
Que a tua alma perdeu

Deixaste lágrimas no teu lugar
E um vazio sem medida
Não sabes verdadeiramente amar
Só conheces a porta de saída

O amor que era tudo
E apenas vinha de mim
Da tristeza ficou mudo
E sem querer chegou ao fim.

Quando Te sinto, Senhor

(imagem retirada da internet)


Quando Te falo, Senhor, em confidência
Minha alma acalma o seu tormento
Quando Te peço, Senhor, com complacência
Minha dor desaparece num momento

Quando Te oro, Senhor, em aflição
Minha angústia parece dissolver-se
Quando Te chamo, Senhor, com o coração
Meus problemas acabam por resolver-se

Quando Te sinto, Senhor, no meu caminho
Os dias são passados com tranquilidade
Quando Te vejo, Senhor, sobre o meu ninho
Sei que em minha vida abunda a Tua divindade.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Para o A.V.


(imagem retirada da internet)


Homem dos números e das contas
Profissional na base da honestidade
O trabalho fá-lo com precaução
Guiado pelas leis da idoneidade

Homem de opinião formada
E de convicções inabaláveis
Homem de família adorada
E de palavras sempre amáveis.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Amigo



Amigo é ser companheiro
É sempre o primeiro
A nos defender
Amigo é ter o cuidado
É chegar ao nosso lado
Já sabendo o que dizer

Amigo é quem nos conhece
Quem sabe o que acontece
E mesmo assim decide ficar
Amigo é o nosso amparo
É o diamante mais raro
É quem nos ajuda a caminhar

Amigo é o ser especial
Que apenas sabe ser leal
É a nossa outra metade
Amigo é puro carinho
É a rosa sem espinho
É o criador da amizade.

sábado, 24 de dezembro de 2016

Todos os dias é Natal ♥



É mais que tempo de aprender
Que a Família é sempre especial
Já é mais que tempo de saber
Que todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de dar valor
Ao que é nosso, tradicional
Já é tempo de repartir o amor
Porque todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de saber ouvir
Porque falar demais torna-se banal
Já é tempo de saber dividir
Todos os dias devia ser Natal

É mais que tempo de ajudar o irmão
E deixar de vez o pedestal
Já é mais que tempo de repartir o pão

Porque todos os dias é Natal.



Feliz Natal, cheio de Saúde, Paz e Harmonia!

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Recebemos o que damos

(imagem retirada da internet)


Recebemos aquilo que damos
Isso não há que enganar
Colhemos o que semeamos
Tão certo como o dia terminar

Não se pode receber um abraço
Em troca de uma ingratidão
Não se pode derreter o aço
Com palavras de brusquidão

Não se consegue colher uma flor
Quando se plantou uma urtiga
Da maldade não nasce amor
E da honestidade não nasce intriga.

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Um Menino

(imagem retirada da internet)


Um menino brincando
No cimo da rua
Sua bola vai rolando
Não sabe que sorte a sua

Um menino sorrindo
Anda de bicicleta
Parece que vai no céu
Pilotando uma avioneta

Um menino chorando
O seu papagaio se rasgou
Deixou de estar ao comando
Naquele momento o mundo acabou

Um menino pequeno
De sonhos gigantes
Vai ganhando terreno
No mundo dos farsantes.

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Não foi sorte, foi Deus

(imagem retirada da internet)


O caminho fácil de percorrer
Para chegar junto dos seus
Foi planeado com saber
Não foi sorte, foi Deus

A dor no momento da partida
E na hora do adeus
Por vezes não deixa ferida
Não foi sorte, foi Deus

Os percalços que se resolvem
E deixam de ser meus
Por magia não se dissolvem
Não foi sorte, foi Deus.

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

O Passarinho


(imagem retirada da internet)


Um passarinho no beirado
Cantando uma linda melodia
Será que é um triste fado
Revestido de alegria?

O passarinho chilreia alegremente
Não se importando com a plateia
Se o observa muita ou pouca gente
Para ele não importa a assembleia.

Ao final da tarde, quase noitinha
O passarinho seguiu caminho
A casa ficou mais sozinha
Mas era hora de regressar ao ninho.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Pequenos Gestos

(imagem retirada da internet)



Um abraço bem apertado
E um sorriso no olhar
Quem recebe sente-se amado
Quem dá ensina a amar

Um carinho num mau momento
E uma palavra de optimismo
Ajudam quem está em sofrimento
É mais que um acto de civismo

Um beijo dado com amor
A companhia de quem nos ama
Saber por tudo dar valor
Porque não é eterna a fama.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Sonhar (os sonhos)


(Imagem: http://www.huffingtonpost.com/dreamscloud/sleep-and-dreaming_b_4569753.html)


Sonhar acordado
Por um bocado
Ajuda a desanuviar
Os sonhos libertam
Por vezes despertam
Quem se deixa abalar

Sonhar com o futuro
Que se pula o muro
E acabar por cair
Sonhar com o medo
Que se tem um segredo
Prejudica quem quer evoluir

Sonhar com alegria
Que seja em demasia
E nos faça crescer
Os sonhos são sinais
Às vezes especiais
São um modo de viver.