AVISO

É expressamente proibida a cópia ou reprodução em parte ou na totalidade do conteúdo deste blog, sem prévia autorização, estando reservados os direitos de Autor.

Para utilização de qualquer poema, é favor contactar a Sociedade Portuguesa de Autores, através do email: atendimento@spautores.ptatendimento@spautores.pt.

A Autora,

Isabel Mendes (Isamar)

quarta-feira, 29 de março de 2017

Os Animais

O Nico depois de amputada a patinha

São pinguinhos de amor
São gotinhas de carinho
Animais são a única flor
Que sem pétalas têm cheirinho

Companheiros despretensiosos
Amigos de todos os minutos
Seres tão amistosos
Detentores dos melhores atributos

A mão que lhes dá alimento
E a mão que lhes dá carinho
Recebem o melhor cumprimento
Amor do mais puro pelo focinho.

                                                                  

segunda-feira, 27 de março de 2017

O vento lá fora

Imagem: internet

O vento que oiço lá fora
Corre apressadamente
Não sei onde mora
Nem se conhece muita gente

Por onde passa acelerado
Deixa um frio de arrepiar
O dia torna-se pesado
E mais difícil de aguentar

Vai vento, segue em frente
Por aqui já não és preciso
Quem não concorda, mente
Ou então tem pouco siso.

                                                                              

quinta-feira, 23 de março de 2017

Padeço de enorme vazio

Imagem: internet

Padeço de um enorme vazio
Da alma e do pensamento
Não tenho calor nem frio
Nem conheço o meu talento

Está vazia a meta
E o trajecto a seguir
Perdi de vista a seta
Não sei como reagir

O vazio é quem comanda
Roubou-me o significado
Não faço parte da banda
Do mundo fui isolado.

                                                            

terça-feira, 21 de março de 2017

Dia Mundial da Poesia (21 de Março)

Imagem: internet


Ser poeta é ser actor
sem filme onde representar
ser poeta é sofrer de amor
quando nem sequer se sabe amar

Ser poeta é ser mentiroso
porque nas mentiras pode haver verdade
ser poeta é compartilhar a vida
e mesmo assim morrer de saudade

Ser poeta é não saber falar
porque a escrever o mundo é maior
ser poeta é alimentar os dias a pensar
porque assim as palavras saem melhor

Ser poeta é estar doente
sem dor nem mal se sentir
ser poeta é ser confidente
dos fantasmas que nos insistem em perseguir

Ser poeta é lutar desarmado
numa guerra que nos invade a cabeça
ser poeta é viver isolado
sem a ilusão de que alguém apareça.


                                                                                                  

segunda-feira, 20 de março de 2017

É a Primavera a chegar

Imagem: internet

Já sinto o cheiro a flores
Florescendo de todas as cores
É a Primavera a dar sinal
Já sinto o calor envergonhado
O sol fica mais tempo acordado
É o inverno no seu final

Os pequenos e fiéis passarinhos
Regressam aos seus ninhos
É tempo de renovar a habitação
A Primavera traz boas heranças
Provoca boas mudanças
É mais um ciclo de renovação.

                                                                  

sexta-feira, 17 de março de 2017

Vem Amor


Imagem: internet

Vem amor, vamos à pendura
Do sentimento que nos une
Vem amor, acabou a ditadura
De mal amar e sair-se impune

Vem amor, sobe no balão
O vento vai-nos dar boleia
Ficamos livres da contra-mão
E chegamos a tempo da ceia

Vem amor dar um passeio
Que os problemas desvanecem
O belo nunca ficará feio
Aqueles que de amor padecem.

                                                                            

quarta-feira, 15 de março de 2017

Não há difícil acordar

Imagem: internet

Não há dias cinzentos
Para quem sonha colorido
Não há tristes momentos
Para quem vive divertido

Não existe a correria diária
Para quem já conhece a meta
Não há a espera na rodoviária
Para quem é livre de bicicleta

Não há dias com frio de rachar
Para quem funciona a calor humano
Não há difícil acordar
Para quem abdica do quotidiano.

                                                                             


segunda-feira, 13 de março de 2017

Senhor no comando sempre

Imagem: internet

Senhor, não sei como dizer
Sei que estiveste a ver
Por isso Te peço perdão
Senhor, esqueci-me da riqueza
E abandonei a certeza
Com que guias o meu coração

Senhor, falei palavras vãs
Que magoaram almas sãs
Por capricho e má vontade
Senhor, aceita o meu pedido
Acredita que é sentido
Sei que errei, é a triste verdade

Senhor, agi de cabeça quente
Não lutei contra a corrente
Deixei-me andar à deriva
Senhor, agora que dei à costa
Preciso da Tua resposta
Não de descrentes em comitiva

Senhor, venho em penitência
Pedir a Tua clemência
Para acabar com meu tormento
Senhor, estás sempre no comando
Sabes o porquê e o quando
Perdoa este Teu rebento.

                                                                     

quinta-feira, 9 de março de 2017

A Saudade é minha Inquilina

Imagem: internet

A saudade é minha inquilina
Sem contrato de arrendamento
Tem sempre a mesma rotina
Qual freira num convento

Passa o dia inteiro sisuda
Diz que se sente sozinha
Age que nem uma miúda
Com aparência de mulherzinha

À noite insiste em falar
Conta sempre a mesma história
Saudade, deixa-me descansar
E adormecer a minha memória

Não vou renovar o contrato
A saudade tem que compreender
É tempo de terminar o trato
Saudade, tens que desaparecer

Não quero ter-te como amiga
Nem ver-te diariamente
Não quero causar intriga
Mas chateias muita gente

Vai saudade, toma outro rumo
Já ficaste tempo demais
Expirou a data de consumo
É tempo de levantares arraiais.

                                                                      

quarta-feira, 8 de março de 2017

Dia Internacional da Mulher

Imagem: internet

Mulher é a força de vontade
É a luz da claridade
É o amor incondicional
Mulher é quem ensina os abraços
Quem decifra pelos traços
Mulher torna o comum especial

Mulher tem o sentido apurado
Por mais complicado
Que seja o problema
Mulher faz parte da solução
Sabe liderar a situação
Tem sempre o melhor esquema

Mulher é a beleza intemporal
Sem nunca ser banal
É o desabrochar da primavera
Mulher espera pacientemente
Aprendeu a ser benevolente
Mulher é a desejada quimera

Mulher é a Mãe enternecida
Que age sem medida
Na protecção dos seus rebentos
Mulher é a Esposa dedicada
É a companheira de jornada
Mulher são os melhores momentos

Mulher é sinónimo de confiança
É descendente da esperança
Mulher constrói-se na dificuldade
Ser Mulher é ser linda no exterior
Quando se sofre no interior
Mulher é pura autenticidade.



Mulher

É aquela que ao pegar o filho nos braços
Lhe sente os medos, os sonhos, os desabafos
Mulher
É aquela que enfrenta qualquer batalha
Sem questionar esforços, por pouco que valha
Mulher
É aquela que dá sem nada pedir
Por dentro a chorar, por fora a sorrir
Mulher
É aquela que ama sem qualquer barreira
E sem reclamar se dá por inteira
Mulher
É aquela que nos segura na mão
Quando é preciso guiar o nosso coração
Mulher
É luz, é brisa é saudade
Mulher
É silêncio, maresia é felicidade
Mulher
É tão-somente um ser divinal
Que tudo onde toca torna especial.





Sábia no jeito de amar
Mentora para quem não souber
Há quem a chame de amiga
Mas todos a conhecem por Mulher


Atravessa qualquer barreira por aqueles que ama
Dá a cara para o que der e vier
Há quem a chame de amor
Mas todos a conhecem por Mulher


Lar, abrigo, protecção
Esteja o seu filho onde estiver
Há quem a chame de mãe
Mas todos a conhecem por Mulher


Oferece um sorriso rasgado
A quem de bom grado o quiser
Dão-lhe o nome de simpatia
De sobrenome Mulher



Com o cabelo sobre o rosto
Reluzente como a prata do talher
A beleza encontrou assim a sua forma
Num corpo tão belo, como o teu Mulher!

                                                                                   

segunda-feira, 6 de março de 2017

Pingo de Gente

Imagem: internet

Pinguinho de gente
Nada lhe faz frente
Quando o tema é brincadeira
Olhos esbugalhados
Bolsos cheios de rebuçados
Antes a bola que a lapiseira

Andar de bicicleta
Em curva ou linha recta
Para ganhar há que ser veloz
Saltar à corda com convicção
Lançar melhor o pião
Cantar até faltar a voz.

                                                              


quinta-feira, 2 de março de 2017

A Dor de Alguém

Imagem: internet

Cuidar da dor de alguém
Ajudando no que ela sente
Espalha só gotas do bem
E Deus cuida da dor da gente

Fazer alguém sorrir
Abraçando com sinceridade
Incute a prática do repartir
E causa uma onda de felicidade

Dar a mão a quem precisa
Mesmo que não peça por orgulho
Leva amor pela brisa
E cria melodia no barulho

Sarar a dor de alguém
Sem que esse alguém agradeça
Não nos torna um zé-ninguém
Mostra que temos pés e cabeça.